Segunda, 15 de Julho de 2024
18°C 35°C
Tanque do Piauí, PI
Publicidade

Governo do Pará assina contrato para construção de hotel de luxo visando a COP 30

Acordo prevê cessão de antigo prédio da Receita Federal para iniciativa privada em troca da participação nos lucros pelos próximos 33 anos

10/07/2024 às 20h44
Por: Toinho Alves Mtb 2132/PI Fonte: Secom Pará
Compartilhe:

O governo do Pará assinou, nesta quarta-feira (10), um contrato de cessão do antigo prédio da Receita Federal para a iniciativa privada. O objetivo do contrato é permitir a construção de um hotel de luxo para atender público que irá visitar a Belém durante a COP 30, que será realizada em novembro de 2025.

"Há 12 anos, este prédio sofreu um sinistro e ficou abandonado por todo esse tempo. Por estratégia do governo do Estado, junto ao governo federal, fazemos agora esse repasse para que se torne um hotel e fortaleça a estratégia turística, fazendo com que se gere emprego e renda, para que Belém se consolide como capital da Amazônia", disse o governador Helder Barbalho.

Ainda de acordo com o governador, esta iniciativa ajuda a consolidar a vocação turística do Estado, gerando emprego e renda. "Com estes investimentos, estamos garantindo emprego imediato através da construção civil; por outro, a ampliação de leitos, competitividade para nossa capital e atração de turismo, que certamente é uma das principais estratégias para consolidar esta nova economia em favor do Estado do Pará", concluiu o governador.

O prédio de 18 andares que possui 2.709,00 m², foi consumido por um incêndio em 2012, e estava sem uso desde então. O local foi cedido ao governo do Pará pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos para que o espaço fosse transformado em hotel.

Em troca da cessão do espaço, o governo do Estado terá uma participação nos lucros do hotel, recebendo 2% do valor arrecadado pela empresa pelos próximos 33 anos.

Licitação -O Governo do Pará realizou uma licitação para definir qual empresa ficaria responsável pela reconstrução do edifício. A licitação foi vencida pela Roma Incorporadora, que fará as obras para a implantação de um hotel da rede portuguesa Tivoli, um grupo fundado em 1933, que está presente em diversos países da Europa como Portugal, Espanha, Holanda e Itália, além da China e do Brasil, onde possui unidades na Bahia e em São Paulo.

Para Marco Amaral, vice-presidente do grupo Minor Tivoli, o empreendimento de Belém tem tudo para se tornar uma referência nacional.

"Nós querermos contribuir para a qualidade da hotelaria de Belém. Tenho certeza que, pelo projeto que vimos e pelo investimento que vamos ter, este hotel será uma referência para a hotelaria do Brasil e um dos mais rentáveis do grupo Minor"

Investimentos no turismo

A construção de empreendimentos como o hotel no antigo prédio da Receita Federal reforça o compromisso do Governo do Pará com o desenvolvimento do turismo regional, que será um importante legado da COP 30, graças a possibilidade de geração de emprego e renda para a população de Belém e demais regiões do Estado.

Segundo a vice-governadora e presidente do Comite Estadual da COP30, Hana Ghassan, ao consolidar este acordo o Estado cumpre a função de fomentar o desenvolvimento regional através da ação da iniciativa privada. "Nós, enquanto poder público, estamos fazendo aquela que é a nossa missão: ser um indutor e um facilitador para que a iniciativa privada possa investir no nosso Estado e gere emprego e renda. O turismo será um dos maiores geradores de emprego na próxima década, e o estado do Pará quer estar inserido nesse contexto. Como diz nosso governador, vamos trabalhar muito mais para que a gente possa avançar cada dia em prol do desenvolvimento do nosso Estado, da nossa população e da prosperidade" disse.

O projeto

O hotel, que será construído no lugar do antigo prédio da receita federal será de alto padrão, contará com 255 apartamentos, além de uma suíte presidencial com 230 metros quadrados, 6 suítes executivas de 70 metros quadrados, três restaurantes – um deles especializado na culinária paraense, um terraço, um café-bar, área de piscinas e SPA.

De acordo com o vice-presidente do grupo Roma, Giovanni Maiorana, o hotel será de alto padrão e com uma vista privilegiada da cidade. "Vamos trabalhar muito para entregar este hotel e fazer com que seja não só o melhor hotel da cidade, mas um dos melhores hotéis de todo o Brasil. Serão quatro suítes presidenciais, mais de 200 apartamentos, terá uma piscina em cima de altíssimo luxo, maior tamanho já feito aqui no município de Belém; teremos salas de convenções, três restaurantes e um rooftop com restaurante de vista 360 graus", explica.

Localizado na rua Gaspar Viana, o novo hotel fica a cerca de 500 metros do Porto Futuro II, outra obra de desenvolvimento urbano e turismo realizada pelo governo do estado no bairro do Reduto e que também irá abrigar um hotel luxuoso que está sendo construído para a COP 30.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tanque do Piauí, PI
19°
Tempo limpo

Mín. 18° Máx. 35°

18° Sensação
1.75km/h Vento
58% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h00 Nascer do sol
05h48 Pôr do sol
Ter 36° 19°
Qua 34° 19°
Qui 35° 22°
Sex 36° 22°
Sáb 37° 20°
Atualizado às 02h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 361,510,83 +9,06%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade