Sábado, 28 de Maio de 2022
°

-

Geral Piauí

Diretor do Detran-PI se reúne com representantes dos lojistas de veículos para abordar o novo sistema RENAVAM

Na puta foi discutida a emissão do CRLV-e, além dos serviços de transferência de propriedade e de jurisdição de veículos.

21/01/2022 às 19h30
Por: Toinho Alves Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Na manhã desta sexta-feira (21) o Diretor Geral do DETRAN-PI, Garcias Guedes, o Diretor Técnico da ATI, Luciano, o Analista da ATI, Richarlysson, o Diretor da SEFAZ, Alan, o Analista da SEFAZ, Marcelo e os Analistas de Sistemas do DETRAN-PI, Antonio Fernando e Helielson, estiveram reunidos com representantes dos Lojistas de Veículos para tratar sobre os a emissão do CRLV-e, serviços de transferências de propriedade e de jurisdição de veículos no novo sistema RENAVAM.

Na oportunidade, foram repassadas todas as informações e inconsistências ainda existentes, ao tempo que foi demonstrada a evolução na prestação de serviços e que os casos de transferências não concluídos estão sendo tratados pelas equipes do DETRAN e ATI, especialmente os casos no qual envolvem multas.

O Diretor Geral do DETRAN ressaltou que a mudança sistêmica proporcionada pela ATI foi necessária e que eventuais erros e incongruências impedindo a conclusão de serviços são decorrentes da migração da base de dados de tamanha envergadura e podem ser geradas por diversos fatores que como a divergência de dados de veículos e proprietários com a base nacional, cadastros de despachantes e multas lançadas e não baixadas na base nacional.

Frente a estes problemas, a ATI destacou que diuturnamente estão trabalhando para reduzir estes gargalos e que monitoram diariamente o funcionamento do Renavam e Renach e, diante de qualquer intercorrência, entram em ação de imediato.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias